Amor é tudo o que você precisa

A matemática é simples: eu tenho um conhecimento. Um grupo de pessoas quer esse conhecimento e tem algo a oferecer em troca. Uma terceira parte precisa muito disso que esse grupo pode dar. O que eu, que transmiti o conhecimento, recebo? A oportunidade de mudar o mundo de uma pessoa. Esse triângulo de troca é justo, não acham? Não é pra ser “uma iniciativa bonita”. Simplesmente está ao meu alcance fazer alguma coisa. Não sou um “ser humano mais evoluido”. Continuo cometendo os mesmos erros, ou piores. Decepcionando pessoas, fazendo inimigos, falando o que não devo em hora inoportuna, fofocando sobre a vida alheia, gastando dinheiro com besteira e falando palavrão. Sou uma pessoa má pra muita gente que já passou pela minha vida, e fazer algo que soa bom não apaga os erros que já cometi.

Então, esse post é pra você, que dá curso, workshop, oficina, ou qualquer coisa parecida, de qualquer área ou assunto, e é uma pessoa má, como eu. Existe uma demanda pela informação que você tem, e é mais do que justo que você cobre por isso. Mas, com certeza, um dia você já se deparou com alguma situação em que uma pessoa precisava muito de ajuda. Você até quis ajudar, ou ajudou como foi possível. Mas agora eu quero te pedir pra pensar um pouco no triângulo de que falei no início. Perceba que, dessa forma, o seu conhecimento é uma ferramenta bastante poderosa para levantar recursos. Tire pelo menos um dia em 2012 pra usar essa demanda pelo seu conhecimento para ajudar alguém. Você vai ter um dia a mais esse ano mesmo (a não ser que você realmente acredite que o mundo vai acabar. Nesse caso você tem 10 dias a menos). Não é um esforço pra se tornar uma pessoa melhor, ou pra melhorar o “karma”, mas pura e simplesmente porque está ao seu alcance e não é difícil, então por que não fazer?

Comece de leve. Encontre alguém que precise de, por exemplo, um remédio. Pegue uma pessoa que tem interesse no seu conhecimento, e cobre o remédio pra dar aula pra essa pessoa. Talvez você consiga fazer uma turma e dar meses de remédio pra essa pessoa. Agora imagine se você pudesse mudar as perspectivas de toda uma comunidade. Imagine se você pudesse construir uma escola, ou reformar um hospital? A má notícia é que provavelmente você não pode. A boa, é que com certeza nós podemos. Só precisamos começar de algum lugar, aos poucos.

Se você leu isso e quer fazer o que está ao seu alcance, mas não sabe como, fale comigo. Vamos conversar, trocar ideia. Talvez tem alguém do seu lado precisando de algo que você pode fazer e você não percebeu. Se todo mundo começar a fazer alguma coisa, vai que um dia a gente percebe que juntos conseguimos levantar grana pra fazer algo maior ainda? Aí seremos um bando de pessoas más, fazendo uma coisa boa e se divertindo muito juntos. Não é impossível, não é distante, nem difícil. “Não existe nada que você possa fazer que não possa ser feito… Tudo o que você precisa é amor”.