Cartiê Bressão, o fotógrafo de mentirinha que colocou os fotógrafos de verdadinha no chinelo.

Um personagem criado para ser o "caçador do efêmero". O nome já indicava o clima da brincadeira: Bressonar momentos decisivos  pelas ruas da cidade. Nasceu (em 2012, certo?) Cartiê Bressão, versão tupiniquim instagrâmica do Bresson que a gente já conhece. 

"un jeu de petite haut", Praia do Leblon - 2012

"un jeu de petite haut", Praia do Leblon - 2012

Em menos de dois anos Bressão já tinha sido matéria em jornais, revistas e sites no Brasil e no exterior, teve documentário sobre  seu trabalho, vendeu impressões "fine art", deu entrevista ao Jô Soares e publicou um livro. Sim, em menos de dois anos Bressão alcançou todo o hype e exposição na frente das câmeras que boa parte de nós, fotógrafos, sonhamos alcançar (e às vezes acabamos forçando a barra e fazendo vergonha).

"le fauteuil-man", Copacabana - 2012

"le fauteuil-man", Copacabana - 2012

Bressão é um tapa na cara de todo fotógrafo que reclama do mercado. Reproduziu um estilo adicionando elementos do seu dia a dia, da sua cultura. Fez escola (a tag #bressao). Tem forma e estética quase reconhecíveis de longe. Vende impressões, vende livro, faz dinheiro com seu trabalho. O que Bressão faz diferente de mim e de você, afinal? 

“l’escalier du paradis”, Metrô de Botafogo — 2013

“l’escalier du paradis”, Metrô de Botafogo — 2013

Bressão é um contador de histórias e um comunicador como poucos fotógrafos "de verdade" conseguem ser. Gera empatia com seu público e transforma uma cena banal em uma história que prende nossa atenção ainda que por alguns segundos. Histórias curtas e divertidas com legendas escritas em francês de tradutor automático. Ele não é só uma brincadeira, é um comentarista do cotidiano. Um comentarista atento e bem humorado.

"O Brasil está acordando", Rio de Janeiro - junho de 2013

"O Brasil está acordando", Rio de Janeiro - junho de 2013

Era só uma brincadeira de Pedro Garcia de Moura, que não se julga fotógrafo profissional. Hoje, Cartiê Bressão é a prova mais real de que a fotografia não está aí para enganar a ninguém e só não trabalha todo dia o fotógrafo que não quer, porque até fotógrafo de mentirinha consegue seu espaço.

Siga o Bressão:

Instagram: http://instagram.com/cartiebressao
Tumblr: http://cartiebressao.tumblr.com
Facebook: https://www.facebook.com/CartieBressao