Oficina de papelão (Atualizado)

(Atualizado dia 30 de abril de 2012)

Quero agradecer a todo mundo que fez o dia de ontem ser tão legal! O Alex Villegas abriu o dia falando da luz disponível e algumas considerações quando se fotografa em PB, e a galera viu que pode chegar a resultados fantásticos sem muita coisa (mesmo em um dia nublado). Depois, eu entrei falando de flash como luz principal e, no final, juntamos tudo e começamos a mesclar a luz disponível com o flash. No fim do dia, fomos tomar um cafezinho na padaria e o Alex falou um pouco de tratamento em PB usando o Lightroom e o Photoshop. Foram 15 participantes, cada um ajudando com R$100,00 depositados direto em uma poupança usada exclusivamente para o projeto na Vila do Papelão. Todo mundo saiu ganhando! Algumas fotos (por Denis Couto, Jamil Dias e Gleice Leles):

_DSC7108
_DSC7137

(Post Original)

A Vila do Papelão é uma comunidade que há mais de 20 anos abriga várias famílias debaixo de um viaduto. A maioria dos moradores é catador. Junta papelão pra vender. O video a seguir conta um pouco da história da Laurimar, que vem dedicando alguns anos para a comunidade. Sem mais blablabla, dá uma olhada no trabalho que ela vem fazendo:

;

Hoje, a Associação de Amigos da Vila do Papelão mantém uma casa com diversas atividades para essas crianças. A coisa vai indo, mas de vez em quando ainda falta aqui e ali. E é aí que a gente entra.

Você, que é fotógrafo e adora estar atualizado, estudar, fazer cursos e essa coisa toda, pode aprender ajudando essa galerinha. A Associação precisa com frequência de algumas coisas. Basicamente, material escolar e de higiene. Então, eis o plano: você faz um depósito de R$100,00 direto pra Laurimar, manda o comprovante pra mim e garante uma vaga para um dia inteiro comigo e com o Alex Villegas, fotógrafo, professor, e palestrante.

O que vai rolar? - Sabe aquela foto que você sempre faz com com flash, equilibrando o flash com a luz ambiente, medindo tudo precisamente? Como você pode largar o vício do flash e fazer essa foto só com a luz disponível? Ou talvez seu vício seja a luz natural, aquela imagem lavada, cheia de flare, cheia de medo de usar um flash. Como fazer diferente? Eu e o Alex Villegas vamos duelar até a morte, flash versus luz ambiente, pra provar no final que os dois tem razão e é tudo uma questão de escolha, de linguagem. E vamos fazer isso tudo em PB. São duas técnicas, duas formas de pensar fotografia, e você bem no meio percebendo que, se a foto é boa, pouco importa como você fotografa.

Quando? - Dia 29 de abril, domingo, a partir das 10h.

Onde? - No bonitinho e fofo Beco do Batman, na Vila Madalena:

O que precisa fazer? 1 - Um depósito de R$100,00:

Caixa Econômica Federal Agência - 1294-7 Conta poupança - 00009623-1 Operação 013 Em nome de: Laurimar Thome CPF: 751.149.684-91

2 - Enviar o comprovante para oficina@leoneves.net.

Olha só! Quer notícia melhor? Você vai pagar barato, vai ajudar a criançada e ainda vai ver diversas situações com e sem flash, e como a cor se comporta no PB.

Em maio eu vou estar em Recife para a oficina de flash e tirei alguns dias a mais para visitar a comunidade. Com certeza vou contar pra vocês o que tá rolando por lá!

E aí, topa ajudar?